quinta-feira, novembro 04, 2010

Aniversariantes de novembro


Veja abaixo a relação dos amigos do ENFRADES - ex-seminaristas franciscanos - que fazem aniversário no mês de novembro.
Se você é da turma e faz aniversário neste mês e o seu nome não está na lista é porque a sua ficha está incompleta e, neste caso entre em contato com o Tachinha para informar a data do mesmo.
Parabéns a todos os aniversariantes do mês e votos de muita saúde e paz.
Um sonoro Io vivat para todos.

Dia - Nome - Apelido - Época no seminário e e-mail (# está no lugar do @ (arroba)

1 -  Expedito de Souza Amado (Lerdinho 1946/52)
1 - Luiz Henrique da Silva (1983/84)
1 - Juscelino de Sá e Castro (Juju - 1982/84) – juscelinosa#netsite.com.br
2 - Antonio das Graças Melo (Bolacha - 1960)
2 - Weverton Gomes Dias (Beto - 1982/83)
3  - Frederico Zacarias Alvares da Silva (1961/62)
5 - Geraldo Cláudio de Souza (Viola - 1959/61) – geraldoclaudio#yahoo.com.br
5  - Antônio José Ciro (Pinducão - 1956/58)
5  - José Hermínio Rabelo de Assis (1977/82)
5  - Gilberto de Almeida Soares (1984/88)
6  - Paulino Elias Neto (Veio 1958/62)
6  - Valmírio dos Santos (Bispo - 1982/85)
6  - Jésus Mário de Almeida Lima (Trombada - 1977/79) – jesuslimabr#yahoo.com.br
8  - Anderson Geraldo Pinheiro Malta (Júnior - 1985)
8  - Frei Bernardino Leers
9  - Orlando Eliziário da Silva (Bino/Baiano - 1946/52)
9  - Francisco Eymard Lemos (Guerrilha - 1964/69) – roseslemos#hotmail.com
9  - Olívio Pereira Ferreira (1993)
10  - João Batista da Circuncisão (Satanaz - 1958/59)
10 - Frei Venâncio Goris
10  - Frei Rodrigo Daniel Calzavara
11  - Felício Martinho Ribeiro (Rato - 1953/56)
11  - Vicente Geraldo de Oliveira (1983/85)
11  - José Vicente Lopes da Costa (Cascão - 1984/86)
12  - Alberto Magno da Silva (Betinho - 1960/61) – leandromarcos#historia.ufsj.edu.br
15  - Jorge Augusto Marinho de Lima (1977) – jorgeaugustoml#ig.com.br
15  - Jairo Coelho Moraes (1981/82) – coelho.jairo25#gmail.com
16  - Lélio Lourenço Lanes (Leilão - 1957/63) – lanes.garcia#ibest.com.br
16  - Arley Campos da Cruz (1975/79)
17  - Alderico José Marques da Silva (1968) – aldericomarques#hotmail.com
17  - Carlos Antônio Ferreira (Carlinhos - 1958/61) – tuliomf#ig.com.br
17  - José Domingos Correia (Correia - 1984/90)
19  - João Ribeiro Maia Neto (1958)
19  - Wilson Moreira de Oliveira (Zabelê - 1956)
19  - Antônio Carlos Pereira de Oliveira (Maritaca - 1957/58) – pulinho#gazela.com.br
19  - Gerson Rodrigues Leite (1967)
20  - Frei Alexsandro Rufino da Silva – freialex#csa.g12.com.br
20  - Celso de Souza Amaral (Madalena - 1967/69)
20  - Helton Tavares França (1954/58) – heltontfranca#ig.com.br
21  - Frei Antônio Teófilo da Silva Filho
22  - João Evangelista Guimarães de Souza (1956/58) – jeguiso#yahoo.com.br
22  - José Vilaça Guimarães Filho (Rato - 1951/54)
23  - Elias da Costa Coelho (Cabaça - 1981/84) – eliascoelho#yahoo.com.br
24  - Elmindo de Rezende (1984/88)
25  - Elmir de Souza Mata (Ganso - 1961) – w.elmirsmatta#hotmail.com
26  - Abelardo Antônio Mendes (1956/61) – abelardomendes#gmail.com
26  - Marcos Alves de Freitas (Caçota - 1949)
26  - Gersson José Alves (Zoiudo - 1981/87)
27  - Antônio Olímpio de Assis Henriques (Boliviano - 1961/62) – olimpio#senado.gov.br
27  - Manuel Pereira da Silva (1991)
28  - Helvécio de Jesus Resende Chaves (Jaburu - 1944/47) – jaburu#gcsnet.com.br
28  - José Jacó Esperança Magalhães (Marreteiro - 1956/61) – josesp.mag#hotmail.com
29  - Orlando de Medeiros (1962/64) – lunaalvesmedeiros#hotmail.com
29  - Luiz Antônio de Souza (Luiz do bairro - 1967/72)
29  - Patrick de Oliveira Souza (1995)
Veja abaixo a performance do jovem maestro Jonathan, de 3 anos, ensaiando a regência do 4º movimento da 5ª Sinfonia de Beethoven, executada pela Orquestra Filarmônica de Berlim (Herbert von Karajan).
Observe a inexperiência do jovem regente, usando indevidamente a mão esquerda, no meio do ensaio e, principalmente, na apoteose final.
Apesar destes pequenos "senões" ele merece os aplausos.
Bravo!

terça-feira, novembro 02, 2010

Dia de Finados: dia dos mortos

Hoje, 2 de novembro, se celebra mais um “Dia de Finados”. Diante da importância da data, preparamos um especial contando um pouquinho sobre ela, e a sua difusão ao longo dos anos. Boa leitura!

A origem
Segundo estudiosos, o hábito de se venerar os mortos tem origem no século 1º. Já naquele período, os cristãos passam a visitar os túmulos dos mártires para rezar. Já a partir do século 5º, é adotada uma data específica pela Igreja, que de acordo com a tradição, seria dedicada a lembrança daqueles que partiram.

02 de novembro
Afinal, porque a data é comemorada no dia 02 de novembro? Bom, segundo historiadores, a escolha do segundo dia deste mês não foi por acaso. Um dia antes, no dia primeiro, é celebrado o “Dia de todos os Santos”, no qual se celebra todos aqueles que morreram em estado de graça, mais que não receberam a canonização. Já no dia 02, é prestada uma homenagem, digamos assim, para aqueles que não morreram em estado de graça total, mais sim, que se encontram em estado de purificação.

Curiosidades
- Dentro do cristianismo, o Dia de Finados ganharia outra conotação, e a data seria conhecida como “a lembrança dos fiéis defuntos”.
- A diferença está na origem dos termos. Finado, em sua origem, indica aquele que finou, ou seja, que partiu. Por sua vez, o termo defunto, tem sua origem na palavra “defungor”. Em outras palavras, aquele que cumpriu plenamente uma missão.
- Dentro desse contexto, o Dia dos Fiéis Defuntos, segundo a igreja, é a data para celebrar o cumprimento da missão das pessoas que já faleceram, e ainda, uma chance, através de orações, para que a alma desta possa descansar junto ao criador.
- Para os católicos, o dia é celebrado com muitas orações, e com a presença de velas em diversos ambientes da casa. Na data, muitas famílias evitam ligar o rádio ou mesmo a televisão.
- Diferente de outros países, no México, país da América Central, o dia é celebrado com festa. Na ocasião, são preparados verdadeiros banquetes nas casas das pessoas. Diz a lenda, que no período, Deus permite que os mortos possam voltar a Terra, e dessa forma, reencontrar seus parentes.

Crendices
- Segundo a tradição, em seus momentos finais, é indicado que a pessoa segure uma vela em uma das mãos.
- Quatro velas devem ser acessas para o defunto, nunca três.
- Não se deve trazer terra do cemitério para a casa..
- Durante uma sessão de fotos, evite fazer retratos em trio. Segundo a lenda, a pessoa do centro pode ser a próxima a falecer.
- Não se deve beijar os pés do defunto, quem o fizer corre o risco de morrer logo em seguida.
- Quando a pessoa tem um tremor, é porque a morte passou perto dela. Diante disso, procure bater três vezes na madeira.

OBS.: Estas informações foram tiradas da página do Minilua que tem muitas informações interessantes.
Em homenagem aos parentes e amigos falecidos aqui vai o vídeo com a Marcha Fúnebre de Chopin.
Ouça, também, esta oração pelos mortos feita em canto gregoriano pelos Monges do Mosteiro de Nórcia, na Itália.