quinta-feira, fevereiro 11, 2010

Suicídio moral

Leia abaixo um texto que recebi do Eduardo Skroski Jr e veja a página dele com belos arquivos em Power Point: Dudu Jr.

O suicídio "moral" é tão grave quanto o corporal.
Quando matamos dentro de nós mesmos a vontade de progredir, de trabalhar, de estudar; Quando subornamos ou somos subornados; Quando nos entregamos ao ócio, à preguiça e à mediocridade, estamos indireta e lentamente nos "suicidando".
Quando enxergamos os nossos erros e defeitos e fazemos vista grossa, desistindo de lutar por corrigi-los; Quando nos deixamos levar pela mentira, pela vaidade e pelo egoísmo, estamos nos "matando" aos poucos.
Dar valor à vida não é só à vida corporal, mas, primeira e principalmente à vida espiritual, que é a essencial.
Viver é saber arrancar as ervas daninhas da nossa mente e do nosso coração, buscando cultivar as boas sementes do bem ao nosso redor.
Viver é acreditar nas nossas capacidades e movimentar nossos talentos.
Viver é amar; Amar os outros e a si mesmo.
Vivamos, mas, sobretudo, saibamos viver, porque fora do bem tudo é ilusão, decepção e dor.

Veja abaixo este vídeo de 7 minutos com cenas de mais de 300 filmes produzidos em 2009.

Nenhum comentário:

Postar um comentário