quarta-feira, janeiro 20, 2010

Artigo do Rosário: O Amor.

Leia abaixo mais artigo enviado pelo Rosário Resende.


Paz plena...
Caros amigos e companheiros do ENFRADES, um grande abraço.
Escrevi esse meu artigo, após ler o que escreveu o teólogo Leonardo Boff no dia 06/11/2009: "Falando do amor, sentimento que dá origem à sociedade", mas não fiz referência ao artigo do Boff para que o meu ficasse independente e pudesse ser publicado em qualquer momento.
Enquanto lia o artigo do Boff fiz essas observações no próprio jornal: 1) O amor é o forma mais bela do sentimento do ser humano. A flor floresce em função da perpetuação da espécie e isso é uma prova do AMOR.
2) O amor não surge, ele É.
3) O amor não é espontâneo: é uma força interna e tão poderosa, que faz do ser que ama um "leão" para proteger o "ser amado".
Paz plena... Rosário.
235 - O amor - publicado em 17/01/2010.

O amor é e existe. O amor é real para quem o sente. Ele é a forma mais bela do sentimento humano. Ele é algo específico e único em cada ser. O amor para ser convivido tem que existir, no mínimo, dois seres: um amando o outro. A reciprocidade do amor e a fidelidade plena fazem com que o amor seja o sentimento mais puro e o causador da maior felicidade em quem ama.
O ser, que ama de verdade, ama a todos, mas a cada um de uma forma única e especial. Foi por amor  que Deus iniciou a criação e por causa do amor perfeito, puro e racional de Deus, que ele ama a tudo, a todos e respeita plenamente a liberdade de todos.
O amor vivido e convivido vai transformando os seres criados de egoístas para altruístas. Esse processo é chamado de evolução de cada ser pensante do universo, que foi, é ou será criado, em suas milhares de vidas no mundo físico. Quanto mais evoluído é um ser, mais ele se aproxima da perfeição de Deus e por isso respeita cada vez mais a liberdade dos outros. O amor tem uma forma poderosíssima dentro de cada ser vivo e por isso existe uma atração, quase incontrolável, entre os sexos opostos, pois assim está sempre garantida a perpetuação das espécies dos seres vivos. Também o amor faz com que os pais protejam, até com a própria vida, a vida de seus filhos.      
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 08/11/2009.


 Veja abaixo este belo vídeo com a música Sound of Silence cantada pelo Gregorian, grupo da Alemanha que canta rock em estilo gregoriano e já gravaram uns 7 CDs e alguns vídeos. Veja a página deles na Internet.



Downloads:  Views: 31987


Se você gosta de canto gregoriano visite a minha página onde encontrará muitas informações e links sobre a música gregoriana e vários outros assuntos: Canto Gregoriano

Um comentário:

  1. LIVRO DO ESPIRITO SANTO VERDADEIRO - PLEASE - READ THE BOOK OF THE HOLY SPIRIT TRUE. GREETINGS IN JESUS CHRIST. JOHN. http://livrodoespiritosanto.webnode.com.br/
    Consideremos uma NOTA de R$ 100,00 (cem reais) FALSA. Ela circula, de mão em mão, e chega até você. Quando, finalmente, você vai usá-la, ela cai nas mãos de quem sabe reconhecer e identificar uma NOTA FALSA de uma NOTA VERDADEIRA, e descobre, ai tardiamente, que aquilo que lhe parecia VERDADEIRO é FALSO, SEM VALOR ALGUM, e o seu prejuízo está consumado sem possibilidades de “ressarcimento”...
    Como você não tinha conhecimentos para diferenciar o FALSO do VERDADEIRO, jamais desconfiou da sua “falsidade” e “inutilidade”, pois, em tudo, a FALSA parecia-se com a VERDADEIRA. Porém, apesar do aspecto e da “aparência” de ser VERDADEIRA, ela escondia “algum detalhe” que, a luz da VERDADE escancarou a sua FALSIDADE.
    Quem a “idealizou e fabricou” e a fez circular, aproveitando-se da credibilidade, desconhecimento e ingenuidade alheia, obteve benefícios próprios às custas do prejuízo de outrém.
    Se você, em algum momento da sua vida já passou por uma experiência desse tipo, e a partir dela interessou-se em aprender como identificar uma NOTA FALSA de uma VERDADEIRA, nunca mais se deixará enganar pelas “aparências”. Como você não deseja que outros venham a ser vítimas, por certo tudo fará para alertar a tantos quantos puder, indicando a maneira como distinguir o FALSO do VERDADEIRO. Quem se dispuser a conhecer como proceder afim de não ser enganado, evitará danos e prejuízos futuros, entretanto, quem preferir continuar ignorando e optar por continuar acreditando nas “aparências”, corre sérios riscos.
    Com relação às Leis de Deus, a BÍBLIA é o “Manual do Criador/Fabricante”, que fornece todas as orientações e conselhos para que possamos distinguir o FALSO do VERDADEIRO. É a última e definitiva instância. A Palavra Final. Por ela tudo o que é meramente “aparência” é desnudado e desmascarado.
    Aos que preferirem a comodidade de viverem confortavelmente com base nas “aparências”, duvidando e fazendo pouco caso das advertências Divinas quanto ao destino final e a eternidade, optando por “pagarem para ver”, não serão frustrados nas suas apostas. Chegará o dia, e não está longe, em que, inexoravelmente, ocorrerá o “acerto de contas”: O JUÍZO FINAL. Nessa ocasião não haverá mais oportunidade para arrependimento, justificativas ou reconsiderações. Com o último suspiro estará consumado, definitiva e irremediavelmente definido o destino eterno de cada um. Hoje, enquanto no domínio da sua condição de fazer suas escolhas, e no exercício do seu livre arbítrio, você pode, se assim o desejar, mudar o curso da sua vida, bem como o seu destino final.
    Leia a Bíblia! Compare-a! Confronte-a! Veja se aquilo que lhe dizem, lhe ensinam ou que você herdou de pai para filho, resiste e se sustenta diante de uma “acareação” com a Palavra de Deus. Se o fizer, interessada e diligentemente, o ESPÍRITO SANTO (que é quem convenço o homem do pecado, da justiça e do juízo) lhe mostrará e fará ruir e e

    sboroarem-se todas as falsidades com “aparência” de verdadeiras. (Pág. Evangelista João Paim) “Ai dos que ao MAL chamam BEM e ao BEM, MAL! Que fazem da ESCURIDADE LUZ, e da LUZ, ESCURIDADE, e fazem do AMARGO DOCE, e do DOCE, AMARGO! Isaías 5:20”.

    ResponderExcluir