segunda-feira, agosto 03, 2009

Bar ou Academia?

Esta pergunta, em forma de dúvida, foi enviada pelo Antônio Vasconcelos (Bolão).

Porque será que é mais fácil freqüentar um bar do que uma academia?

Para resolver esse grande dilema, foi necessário freqüentar os dois (o bar e academia) por uma semana.

Vejam o resultado desta importante pesquisa:

Vantagem numérica:
- Existem mais bares do que academias. Logo, é mais fácil encontrar um bar no seu caminho. 1x0 pro bar.

Ambiente:
- No bar, todo mundo está alegre. É o lugar onde a dureza do dia-a-dia amolece no primeiro gole de cerveja.
Na academia, todo mundo fica suando, carregando peso, bufando e fazendo cara feia. 2x0.

Amizade simples e sincera:
- No bar, ninguém fica reparando se você está usando o tênis da moda. Os companheiros do bar só
reparam se o seu copo está cheio ou vazio. 3x0.

Compaixão:
- Você já ganhou alguma 'saideira' na academia? Alguém já te deu uma semana de ginástica de graça?
No bar, com certeza, você já ganhou uma cerveja 'na faixa'. 4x0.

Liberdade:
- Você pode fumar na academia? 5x0.

Libertinagem e democracia:
- No bar, você pode dividir um banco com outra pessoa do sexo oposto, ou do mesmo sexo, o problema é seu... Na academia, você não pode dividir um aparelho. 6x0.

Saúde:
- Você já viu um ' barista' (freqüentador de bar) com pedra no rim? 7x0.

Saudosismo:
- Alguém já tocou a sua música preferida na academia, inclusive 'aquela' que você pede 'n' vezes
quando está tentando 'afogar' o fora que levou? 8x0.

Emoção:
- Onde você comemora a vitória do seu time? No bar ou na academia? 9x0.

Memória:
- Você já aprontou algo na academia digno de contar para os seus netos? E no bar? 10x0 pro bar !!!

ENTÃO VAMOS PRO BAR!!!

Mas atenção:
Se for dirigir, não beba. Se for beber, ME CHAME PELO AMOR DE DEUS !!!
Aliás, você já fez amizade com alguém, bebendo leite ou bebida energética

Depois de esclarecidas estas dúvidas dê uma olhada neste vídeo dos "dois gatinhos"

Esta primorosa peça do brilhante compositor italiano Gioachinno Rossini foi adaptada para a voz de crianças e intitulada "Dueto de Gatos". Não bastasse a afinadíssima voz dos dois garotos que fazem o solo da linda composição ela se torna, também, bem engraçada. Notem a indisfarçável postura do cantor moreninho. Ele não consegue esconder o riso, ao contrário do lourinho sempre sério.
Coro: Les Petits Chanteurs a la Croix de Bois, Concerto em Seul, Coreia, em novembro de 1996.

Nenhum comentário:

Postar um comentário