quinta-feira, agosto 27, 2009

Artigos do Rosário: Teologia e Trindade

Leia abaixo mais dois artigos enviados pelo Rosário Resende.


Paz plena...
Irmãos e companheiros da caminhada evolutiva do ENFRADES, um grande abraço.
Luciano, obrigado pelo apoio sobre o artigo, que foi publicado hoje (11/08/2009) em O TEMPO.
Mas estou divulgando o meu original, pois no jornal são feitas algumas alterações e gosto de divulgar o que realmente escrevi.

Como sempre deixo muito claro, desde o dia 05/01/1980, quando aceitei a reencarnação como verdade, passei a ser um perscrutador da VERDADE, que liberta e falar ou dar explicações sobre a VERDADE na verdade é bem difícil, pois agredimos crenças e posições intocáveis de muitas pessoas. E como prova do que estou dizendo, vou publicar aqui também o meu artigo anterior que não foi publicado e por isso fiquei vários dias sem enviar nada para o jornal, mas ontem resolvi escrever sobre o artigo do teólogo e padre João Batista Libânio e, hoje mesmo, foi publicado.

E que cada um analise o meu artigo sobre a Trindade e tire suas conclusões do que disse no artigo e estou dizendo aqui.
Paz plena... O amigo e irmão, Rosário.
P. S.: Eis os dois artigos, o que foi publicado hoje e o que não foi publicado:


227 - Teologia - publicado em 11/08/2009.

Lendo o artigo: “A ética da utopia e os embates mortais” do teólogo e padre Libânio (9/8), um dos defensores da Teologia da Libertação, chega-se a entender da encruzilhada em que estão os teólogos, que sempre estudaram a teologia com sobrenomes, tentando adaptá-la a alguma época da caminhada histórica da humanidade. Nos últimos tempos até cores estão dando à teologia, que antes era vermelha e agora ficou verde.

A solução está na TL, que nos liberta de todos os ensinamentos bitoladores e ou castradores da nossa liberdade até de pensar. Estes princípios sempre foram úteis aos líderes ou profissionais das religiões, que trouxeram e trazem os fiéis presos às religiões deles. Deus é o Eterno Presente, então temos de buscar a felicidade é aqui e agora, e não num futuro desconhecido, que nunca chega, ou até mesmo no infinito inacessível, que na realidade só serve para complicar as mentes sofistas de grandes pensadores, que nunca encontram as soluções para os problemas da humanidade.

Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 10/08/2009.

99 - Trindade.

Parabenizo ao leitor Sebastião B. de Oliveira pelo artigo: “Trindade” (Fórum 23/7), pois nos oferece uma oportunidade para esclarecer mais o assunto.

O mistério do Deus Uno e Trino foi sempre um enigma e um grande quebracabeça para os primeiros teólogos cristãos. O líder da Igreja Católica Apostólica Romana para acabar com as divergências entre os teólogos impôs o dogma do deus Uno e Trino, que é o Mistério da Santíssima Trindade. A origem do mistério foi a busca da verdade pelos espíritos criados encarnados e ou desencarnados, pois o próprio Mestre Jesus ensinou que tudo o que é ligado ou desligado na terra será também ligado ou desligado no céu.

O mestre Allan Kardec desvendou o mistério do intercâmbio entre encarnados e desencarnados, pois antes de Kardec tudo o que vinha do plano espiritual estava sob as ordens de Deus.

O mistério do Deus Uno e Trino é explicado pela teoria dos conjuntos da matemática e os teólogos confundiram e ainda confundem Deus com o imenso conjunto cósmico, no qual tudo está contido ou o conjunto dos espíritos criados e desencarnados com o Espírito Santo, a 3ª Pessoa da Trindade. O início do quebracabeça foi quando os teólogos cristãos tentaram igualar o plano espiritual e ou até o Espírito de Deus com a beleza do nascimento dos seres humanos: um homem e uma mulher se unem pelo amor físico entre eles, e, por meio da união sexual, geram um terceiro ser da mesma espécie, um filho ou uma filha.

Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 23/07/2009.

Veja e ouça abaixo este vídeo com a música Song of Ocarina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário