sexta-feira, outubro 24, 2008

Cervejinha de quinta-feira: dia 23 de outubro de 2008.

A cervejinha desta quinta-feira contou com as presenças de: Jaburu, José Derval, Manoel Gomes (Seriema), Tachinha, Alex Fantini, Tachinha, Carlos Augusto (Coelhinho), Aloísio Tirado (Jaó), Carlos César (Palito) e Eustáquio Tadeu (Siri).
Apesar de apenas 3 cantores: Jaburu, Derval e Tachinha, nós cantamos algumas músicas de canto gregoriano: Kyrie, Glória, Ó Santíssima e outras músicas sacras.
Um dia vamos filmar as nossas cantorias e colocar no YouTube para que o mundo todo possa conhecer a nossa "arte" e fazermos sucesso igual aos monges da Áustria que gravaram um CD que alcançou, recentemente, as paradas de sucesso de vários países e foram descobertos através de um vídeo que colocaram na Internet.
Na semana passada o Alonso (Brigite) e sua namorada estiveram lá, mas o nome deles foi esquecido entre os "bebuns".
Na mesa ao lado, como sempre o Milton, ex-seminarista do Instituto Missionário São Miguel, na Borda do Campo, em Antônio Carlos, e que estará participando do encontro deles lá no seminário nos dias 14 a 16 de novembro.

quarta-feira, outubro 22, 2008

Piadas de português e freira.

Leia abaixo piadas enviadas pelo José Juventino (Jumentinho) e um amigo.

Orgasmo português

Um português e uma garota estão apaixonados e se casam. Mas por mais que o marido se empenhe, a sua mulher nunca consegue um orgasmo. Eles resolvem procurar um terapeuta sexual. Este ouve atentamente e acaba dando uma sugestão:
Contrate um desses garotos de programa e enquanto vocês estiverem fazendo amor, peçam-lhe que fique pelado balançando uma toalha sobre vocês, sempre à vista de sua esposa. Isto deve ajuda-lá a fantasiar, o que deverá leva-lá a vários orgasmos.

Eles voltam para casa e seguem os conselhos do terapeuta. Contratam um rapaz jovem e bonito que fica pelado abanando entusiasticamente a toalha enquanto o casal transa.
Mas, por mais que tentem, não dá resultado o belo visual pelado, pelo que o casal volta ao terapeuta, que sugere:

Vamos tentar o inverso para ver se o problema é físico. Hoje, deixe o rapaz transar com sua esposa e o senhor fica abanando os dois com a toalha.
Mais uma vez o casal segue o conselho do terapeuta. Contratam o mesmo rapaz que deita na cama com a mulher, ficando o marido com a toalha. O garoto de programa é realmente muito bom e a mulher grita de prazer, conseguindo múltiplos orgasmos.
Com um sorriso de satisfação, o português (marido) dá um tapinha nas costas do rapaz que está sobre a mulher e diz triunfante:
Ta vendo, 'Zé mané' ... É assim que se abana!!!!!


A freira e o taxista.

Uma freira faz sinal para um táxi parar. Ela entra e o taxista não pára de olhar para ela: - Por que você me olha assim?
Ele explica: - Tenho uma coisa para lhe pedir, mas não quero que fique ofendida... Ela responde: - Meu filho, sou freira há muito tempo e já vi e ouvi de tudo. Com certeza não há nada que você possa me dizer ou pedir que eu ache ofensivo.
- Sabe, é que eu sempre tive na cabeça uma fantasia de ser beijado na boca por uma freira...
A freira: - Bem, vamos ver o que é que eu posso fazer por você: primeiro, você tem que ser solteiro, e também católico.
O taxista fica entusiasmado: - Sim, sou solteiro e até sou católico também! A freira olha pela janela do táxi e diz: - Então, pare o carro ali na próxima travessa. O carro pára na travessa e a freira satisfaz a velha fantasia do taxista com um belo beijo na boca. Mas, quando continuam para o destino, o taxista começa a chorar: - Meu filho - diz a freira - Porque é que está chorando? - Perdoe-me Irmã, mas confesso que menti: sou casado e sou evangélico.
A freira conforta-o: - Deixa pra lá. Estou a caminho de uma festa a fantasia , me chamo Alfredo e sou gaúcho...

Vídeos e rádio de canto gregoriano - Gregorian Chant videos and radio.

O Tachinha (eu) colocou mais dois penduricalhos (widgets) no Blog.
Um é uma rádio de canto gregoriano e/ou músicas parecidas e o outro é um tocador de vídeos (player videos) com mais de 30 vídeos de músicas gregorianas e outras boas músicas.
O vídeo no Blog está em tamanho pequeno, mas na minha página no Orkut você pode ver os vídeos numa tela maior.
Espero que gostam dos novos apetrechos e das músicas que estão lá.

Artigo do Frei Jacir de Freitas: Sao Francisco, o presepio e o Muro de Belem.

Leia abaixo o artigo do Frei Jacir de Freitas, da Província de Santa Cruz e que retirei da página: A Bíblia

São Francisco, o presépio e o Muro de Belém
21/10/2008 - Jacir de Freitas

Veja outros artigos do Fr. Jacir no seu site Bíblia e Apócrifos

Outubro chega e com ele a memória de muitos cristãos traz à tona a imagem de São Francisco de Assis, venerado por todos como santo da ecologia, da fraternidade universal, da paz e do bem. Francisco quis que o seu movimento religioso estivesse unido à igreja católica, mas a história se encarregou de fazer com que os ideais franciscanos extrapolassem os muros do Vaticano.

A invenção do presépio é atribuída a São Francisco. Num bosque, em Gréccio, na região da Úmbria italiana, Francisco, juntamente com os camponeses, um boi e um jumento, e uma imagem de barro do menino Jesus, encenou o nascimento de Jesus. Diz-se que, quando Francisco pegou ao colo a imagem, esta lhe sorriu. O teatro criado por São Francisco ganhou o nome de presépio e se espalhou pelo mundo para significar o nascimento singelo de Jesus na manjedoura de Belém. Os evangelhos apócrifos bem que já haviam descrito essa cena. Os dois animais usados por ele, o boi e o jumento, representavam, na mitologia egípcia, as figuras rivais dos irmãos Seth e Osíris. Quisera Francisco, naquele tenebroso inverno de 24 de dezembro de 1223, propor a reconciliação entre os opostos, mesmo tendo a alcunha de irmãos, como no caso dos deuses egípcios, já prefigurado nos irmãos Caim e Abel do livro do Gênesis! Todos os seres humanos, na sua diversidade, são chamados a viver em paz.

A mitologia egípcia continua viva em dois povos irmãos, israelitas e palestinos, ambos descendentes dos irmãos Ismael e Isaac. O mundo assiste há décadas a briga sem fim entre eles. Em viagem recente ao Oriente Médio, causou-me impacto a construção de um muro cercando Belém, cidade onde teologicamente nasceu Jesus de Nazaré. Cravado quatro metros abaixo do solo e oito acima, uma vergonha de muro impede que trinta mil palestinos de Belém possam sair de sua terra natal. Belém ficou do outro lado de Jerusalém, embora unidas populacionalmente. Guardas vigiam em torres. Uma vala perto do muro impede qualquer tentativa de fuga. Os palestinos que têm permissão para trabalhar em Jerusalém precisam voltar às 19 horas. Caso contrário, perdem o direito de saída e ficarão presos para sempre em sua própria cidade. Além disso, o belemita que for encontrado em Tel Aviv em dia de trabalho também será levado para Belém e perderá a permissão de sair. Após a visita a Belém, o turista passa seguramente por revista ao entrar novamente em Israel. Tudo é feito para que o turista não retorne a Belém e para que o belemita emigre para outros países. Belém está desolada. O turismo religioso reduziu-se drasticamente. Inúmeras lojas estão fechadas. O povo de Belém passa por momentos de angústia e sofrimento, sem ter o que comer e sem perspectiva de vida. Na mesma situação estão os palestinos das outras treze áreas cedidas pelo governo israelense, o qual não aceitou a decisão da ONU que considerou ilegal o muro de Belém. Mesmo assim, renasce um novo muro. De Berlim? Não! De Belém. No entanto, o ocidente continua calado diante de tamanha atrocidade.

São Francisco de Assis, se vivo estivesse, voltaria ao Sultão do Egito, Melek-el-Kamel, para propor a paz entre os povos. O Muro de Belém aprisiona um povo, contraria o real sentido do nascimento de seu ilustre filho, Jesus, e este, para cristãos e palestinos que nele crêem, é a presença do Deus da paz que veio morar entre nós num presépio.

Zona Eleitoral

Assunto: Zona Eleitoral



Envio abaixo o e-mail recebido do Pierre Bonneraraux (Zé Leitão - 1966)

Haverá um dia em que a felicidade voltará para todos...

Será o dia em que:

GENUINO será algo verdadeiro;

ROSINHA apenas flor;

GAROTINHO um moleque safado;

GENRO apenas o marido da filha;

SERRA um acidente geográfico;

SEVERINO apenas o porteiro do prédio;

LORENZETTI será só uma 'marca de chuveiro';

Dirceu, Palloci, Delúbio, Silvio Pereira, Berzoini, Gedimar, Valdebran, Renan, etc, serão simples presidiários.

E LULA APENAS UM FRUTO DO MAR!!!

E agora, quando olho meu título de eleitor entendo o verdadeiro significado de

' ZONA ELEITORAL!!!..'

terça-feira, outubro 21, 2008

Os melhores vídeos de todos os tempos: curiosidade mata!

Se você ainda não recebeu, possivelmente vai receber este e-mail com a indicação de um link para "ver" ???? os melhores vídeos da Internet.
Com certeza é mais uma isca para que você caia na curiosidade de acessar o tal link e você sendo "ixperto", certamente, não vai cair nesta armadilha e arrumar vírus para o seu computador.

Oi Pessoal, tudo bem?
Estou repassando a mensagem, um abraço!
---------------------------------------
Quem não gostaria de ver os melhores vídeos da internet em um só lugar?
Agora há o site Melhores & Polêmicos:
www.videospolemicos.???.net

Veja só alguns dos vídeos:
Erros de TV - Apresentador chama repórter de 'merda'
Celular toca durante jornal
Apresentador dorme na TV

Bêbados - Fernando Vanucci (RedeTV) apresenta o jornal bêbado

Brigas - João Gordo e Dado Dolabella quase partem para a porrada

Morte (pra quem aguentar) - Saddam Hussein sendo enforcado

Diversos - Cenas cortadas do BBB, Daniela Cirarelli, etc.
Todos DE GRAÇA!

E mais: Baixe os vídeos gratuitamente para seu celular.
Fazia tempo que estava procurando um site tão útil. Agora que encontrei tenho que divulgar aos meus amigos.
Divulgue você também, mande esta mesagem aos seus conhecidos:
www.videospolemicos.???.net

Um abraço

ABRAÇO DE QUEM???

Tradutor - Translator - Traduttore

O Tachinha colocou mais um penduricalho (widget) no seu Blog. Por curiosidade escolha pela seta para baixo uma das línguas e clique em traduzir para ver que bicho que vai dar: inglês, francês, italiano, alemão, espanhol e russo.

O texto acima foi traduzido na página do tradutor Yahoo Babel Fish

The Tachinha placed plus one penduricalho (widget) in its Blog. For curiosity I will choose for the low arrow for one of the languages and click in translating to see that animal that goes to give: English, Frenchman, Italian, German, Spaniard and Russian

domingo, outubro 19, 2008

Artigo do Paulo Botelho: Se eu falasse a língua dos anjos.

Leia abaixo mais um artigo enviado pelo Paulo Botelho (Debanda).

SE EU FALASSE A LÍNGUA DOS ANJOS

Por Paulo Botelho

“Se eu falasse a língua dos anjos,

se eu falasse a língua dos homens,

sem amor, eu nada seria.”

(São Paulo, Coríntios I – 13:1)


O passado que atravanca o Brasil está mais presente entre nós do que qualquer um pode imaginar. Desde a maneira de falar e escrever, passando pela maneira de viver, até a maneira de pensar a vida e a política. O sociólogo José de Souza Martins da USP, constata: “Ainda falamos, em todo o Brasil, um resquício da língua nheengatu, que poderia ser chamada de língua nacional brasileira ou língua do povo”. Segundo Martins, foi uma língua criada pelos missionários jesuítas, provavelmente, influenciada pelo padre José de Anchieta. Baseada na língua tupi e organizada a partir da gramática portuguesa, difundiu-se por toda a costa leste brasileira. Na verdade, nem nos damos conta de que a nossa geografia é, predominantemente, nheengatu, uma língua de servidão. Aí está o “mecê” de “vossa mercê” ou “vosmecê” com que os inferiores tratavam os seus senhores. Homem virou “home”; mulher virou “muié; orelha virou “orêia”; além dos abomináveis “magina” (paulistanês) e “caraca” (carioquês). Mais do que um vocabulário nessa linguagem sobrevivente há parâmetros de consciência relativos à subalternidade. Raramente dizemos uma frase inteira. Nossa fala cotidiana tem sujeito e verbo; raramente objeto e complemento.

Sérgio Buarque de Hollanda, em Raízes do Brasil, analisa: “Diferente do que ocorre com a língua portuguesa em Portugal, sempre dizemos as coisas pela metade: “Eu vou”, mas não dizemos para onde vamos e nem quando. Essa é a linguagem do medo; de quem não pode dizer uma frase completa porque não tem certeza”.

Essa linguagem incompleta é a linguagem dos subentendidos, da certeza de que o outro saberá o que estamos dizendo. Linguagem da dissimulação, da vergonha e da subserviência; do faz de conta. Falando ou escrevendo metade, dizemos o que os outros querem ouvir ou ler. Sempre deixamos um resto de frase para completar o andamento da comunicação.

Peter Drucker, escritor e consultor americano emérito, ensinava: “O conhecimento é o único recurso econômico que faz sentido”. Com toda a razão, no que ele entendia como “Era do Conhecimento,” faz com que empresas bem sucedidas recrutem, selecionem, treinem e preservem pessoas que aprendem rápido. Para isso, é fundamental que elas se comuniquem mais e melhor utilizando-se de linguagem objetiva, correta e concisa. Infelizmente, ainda estamos longe disso aqui na Botocúndia!

Escrever é comunicar-se. Escrevemos para comunicar alguma coisa a alguém. E o que significa comunicar-se? – Pela própria etimologia da palavra, significa tornar comum uma informação, uma idéia, um projeto. Se redigimos um e-mail, um relatório, um memorando, uma carta ou qualquer tipo de texto, queremos que outras pessoas compreendam e assimilem nossa mensagem; o que estamos querendo dizer. – E como proceder para que esse objetivo se concretize? – Em primeiro lugar, todo texto precisa ser claro e objetivo, isto é: a mensagem tem que ser facilmente assimilada pelo leitor – ou interlocutor – e deve ir direto ao ponto, sem assuntos periféricos que dificultam a compreensão.

Ao escrever, não precisamos ficar obcecados em demonstrar erudição e cultura gramatical. Machado de Assis, nosso melhor escritor, já comparava: “Pode ser um gênio em gramática e um cretino ao escrever”. Se quisermos falar e escrever, de modo eficaz, devemos direcionar a nossa preocupação para três funções básicas de uma correta comunicação: produzir uma resposta, tornar o pensamento comum e convencer.

É preciso, sempre, ter boas palavras: linguagem de amor; linguagem dos homens, de seres humanos. – Elas, as palavras boas, são para serem pensadas e salvas no disco rígido de nossa vida e memória. - Mesmo quando queremos falar e escrever a língua dos anjos!

Paulo Augusto de Podestá Botelho é Professor e Consultor de Empresas para Programas de Engenharia da Qualidade, Antropologia Empresarial e Gestão Ambiental. Membro-Docente da SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência. www.paulobotelho.com.br