sábado, janeiro 19, 2008

Precisa-se de engenheiro em telecomunicações

O Geraldo Corcini enviou este e-mail para o Tachinha e se alguém que ler esta postagem é só entrar em contato comigo para repassar o nome para o Corcini.

Quem conhece um profissional de Telecomunicações experiente em elaboração de projeto básico de comunicação móvel de voz e dados em VHF, UHF e Trunking? Se tiver experiência em SHF e SDH, melhor ainda. Que esteja disponível e disposto a encarar um trabalho de uns 40 a 60 dias, incluindo viagens para levantamento de sistema existente, em campo. Enviar o currículo.

Fiquem à vontade para repassar às pessoas confiáveis de seu relacionamento.

Tachinha: bombeiro herói ou herói bombeiro.

O Tachinha estava hoje, sábado, tranquilamente navegando na Internet e sentiu um cheiro forte de queimado. Levantou-se da cadeira e foi ver se tinha alguma coisa queimando na cozinha e como não viu nada de anormal, voltou para o computador.
Um pouco tempo depois sentiu um cheiro mais forte e foi à janela ver se havia alguma coisa de anormal e, para sua surpresa, estava saindo um fumaceiro num dos apartamentos em baixo e ao ligar para a portaria foi informado de que estava havendo um incêndio num andar de baixo e ele saiu correndo para ajudar a apagar o fogo.
Pegou o extintor de incêndio no seu andar e desceu pelas escadas - em caso de incêndio não se deve usar, nunca, os elevadores - até o local do sinistro e junto com alguns moradores do prédio começou arrombando a porta do apartamento onde estava acontecendo o sinistro e, antes que os gozadores de plantão perguntem, ele já vai respondendo logo que, obviamente, pegou na mangueira.
Ele mora no 9º andar e o incêndio foi no 3º, no quarto de empregada e já estava se espalhando para o banheiro e na área de serviço havia um botijão de gás.
Graças a Deus os bombeiros de plantão deram conta de apagar as chamas e os extintores, o hidrante e as mangueiras estavam funcionando.
Quando o corpo de bombeiros chegou o fogo já estava dominado.
Após o susto ele ajudou a fazer a limpeza da área atingida.
Foi uma experiência meio doida pois o fogo é uma coisa horrorosa.

Artigo do Frei Cristóvão: A Pedra de Nanuque.

Leia abaixo mais um artigo enviado pelo Frei Cristóvão. Ele enviou 4 de uma tacada só. Quando ele vai lá na nossa cervejinha das quintas-feiras, além de distribuir a fumaça dos seus cachimbos e/ou charutos, ele leva, também, cópias dos artigos dele e sai distribuindo para quem vai chegando na mesa.

A PEDRA DE NANUQUE

A Pedra - as Torres - a Avenida

Retornando à Nanuque, depois de cinco meses ausente, ainda no ônibus, voltei-me, reverente, para a “Pedra de Nanuque”, foi quando me assustei ao deparar com as torres no seu cimo. Meu Deus que aberração!

No meu entender, as torres no topo da “Pedra de Nanuque”, constitui um verdadeiro estupro ecológico e estético ao visual central da cidade.

Mais uma vez os interesses econômico-financeiros prevaleceram, como sói acontecer no sistema neoliberal (Neoliberalismo Econômico), sobre valores tais como Ecologia e Qualidade de Vida. O que, afinal, não é de causar espécie, levando em conta a ideologia capitalista, agora, mundializada pelo neoliberalismo econômico excludente. (Globalização financeira-industrial).

Refiro-me à parafernália tecnológica que alimenta uma “Sociedade de Abundância”, tornando-nos escravos do consumismo galopante, depredatório e excludente. Apenas 1/3 da humanidade dela se beneficia.

Esse, por sua vez, ameaça o ecossistema global (efeito estufa, aquecimento global, mudanças climáticas, migrações em grande escala etc.). Um simples exemplo: a duração de vida de um carro de passeio na Europa é de dois anos, após o que é vendido como sucata! Na Europa, Canadá e EUA o conserto de qualquer eletrodoméstico fica mais caro do que o valor de um novo!


Beleza e Bondade (“Kálos kai kágatós”)

Os gregos amavam o belo, o bonito e a ordem. Deles herdamos a expressão “Kósmos”. Daí o conceito: cosmético. Já os romanos utilizavam a expressão “mundus”, o que vem a ser limpo, bonito. Portanto, eram sensíveis ao que é bom e bonito aos olhos e ao coração. Daí também o seu culto ao corpo.

Estamos navegando no mundo da estética, da beleza, da gratuidade, da jovialidade, do amor. Uma pessoa bonita e bela, na interioridade do seu ser, reflete e expande essas qualidades, próprias e específicas do ser de Deus.


Juventude

Juventude, ser jovem não é questão de tempo, de idade; mas, antes de tudo, de cabeça, de mentalidade, daquilo que roda na nossa mente e externamos com nossa linguagem, com os nossos gestos; numa palavra: com o nosso modo de viver. É uma maneira de ser e viver que vamos construindo para nós mesmos no percurso de nossa vida.


Ócio – Negócio (Otium – Negotium).

O mundo do negócio (“nex”: não, ausência de), é o mundo do mercado, da compra e venda, da oferta e procura. O mundo “cão”, bruto e desumano da Economia: produzir, vender, barganhar com interesse, visando a mais-valia, o lucro: “amigo, amizade à parte, estamos fazendo negócio”!

Uma rosa, um poema, uma sinfonia, um gesto de carinho e amizade, são valores de ordem qualitativa. Para eles não há preço. Estamos no mundo da gratuidade!

Veja o que a antropologia do cotidiano nos ensina: o drama de tantos aposentados; é, justamente, de como gozar o resto de sua vida num clima de ociosidade criativa”! De como preencher o tempo com algo de útil; com algo que o faça crescer no ser, como pessoa, gente, cidadão (Uma boa leitura, um bom filme, um curso de reciclagem humana, boa música, esporte, uma viagem, participar de um grupo de voluntários, uma viagem turística e tantas coisas mais!

A mulher, a esposa não suporta um marmanjo à-toa, o dia inteiro em casa; principalmente, metendo o bedelho na cozinha!


Cartão Postal

A “Pedra de Nanuque” é, por excelência, o “Cartão Postal” da cidade, sem esquecer as curvas sinuosas e as águas plácidas do rio Mucuri e a beleza morena de suas mulheres!

Pois bem, no meu modo de vislumbrar as coisas, com as torres no seu topo, o cartão postal da cidade, foi borrado! Ecologicamente falando, foi estuprado! O mesmo pode se dizer dos dois placares luminosos, placares comerciais, na avenida Santos Dumont. Verdadeiras aberrações em termos de poluição ambiental. Quebra a beleza da avenida central da cidade que tem seu início na cabeça da ponte e vai terminar na curva que dá acesso ao bairro Vila Nova. Não custa nada demovê-los. Somente um pouco de sensibilidade estética e um pingo de amor à cidade. De um gesto de cidadania!

Uma Crendice Popular

Corre de geração para geração, entre os moradores de Nanuque a crendice de que a Pedra tem seu segredo, seu feitiço! “Quem nela subir jamais deixará Nanuque”! Se deixá-la, fisicamente, a ela ficará preso afetivamente. Em Nanuque terão o coração aprisionado.


O Estouro da boiada

Os moradores mais antigos da cidade presenciaram o fato. Isso aconteceu na década de sessenta: o estouro da boiada. O Sr. Ary Santos era conhecido na região como mercador de gado. Em Nanuque comprou do Sr. Manoel Durvalino um lote de cem novilhas. O gado, confinado no curral, certamente tenha sido molestado por um enxame de abelhas ou de marimbondos.

E boiada quando estoura, é um deus-nos acuda! Arrebentou a cerca e desembestou estrada afora em direção da cidade; alcançando o pé da Pedra, como que guiado por intuição instintiva, percebeu o caminhador em direção ao cimo da Pedra. Não deu outra! A primeira alerta foi dada pelas lavadeiras no seu serviço nas margens do rio. Uma verdadeira hecatombe!

Pessoas outras que presenciaram o trágico espetáculo diziam: “Parece coisa do cão”! Já outros preferem dizer: “Quê isso, cumpade”? Vira essa boca prá lá”! O fulano retrucou: “Tá bem! Tá bem”! “Parecia coisa de cinema”! Um terceiro, traindo sua veia evangélica, exclamou: “uma verdadeira cena apocalíptica”! (os dados sobre esse evento os colhi de Tóte e Iodélio.


Apelo

Com o tempo, no caminhar da carruagem da História, as coisas poderão se ajeitar. Resgatar o que há de mais bonito e belo, ecologicamente falando, de nossa Nanuque. O visual majestoso da “Pedra de Nanuque e a imponência de sua avenida central.

Grato

Pedra Negra (Nanuque), 22/11/2007.

Frei Cristóvão Pereira ofm.

Receita de barata

Quando o Tachinha morava no Edifício Roma na avenida na Paraná num prédio com muitos apartamentos e que tinha um grande problema no seu apartamento.
À noite quando apagava a luz era um tal das baratas sairem para a ronda noturna e este "drama" acabou quando uma vizinha fez para ele um "remédio" para acabar com as baratas.
Quem tiver problemas com este animal nojento e repugnante pode usar esta receita:
1 kg de ácido bórico (comprado em lojas de produtos veterinários);
1/2 kg de cebola branca ralada;
1 pires de queijo curado ralado;
2 colheres de sopa de farinha de trigo;
um pouco de leite para dar consistência à massa.
Com esta mistureba toda fazer bolinhas e espalhar pelos locais mais visitados pelas indesejáveis visitas.

sexta-feira, janeiro 18, 2008

Cervejinha de quinta-feira: 17 de janeiro de 2008

A cervejinha desta quinta-feira contou com a ilustre presença do dom José Belisário e estiveram presentes: Jaburu, frei Cristóvão, Alex Fantini e esposa, Carlos César (Palito), Carlos Augusto (Coelhinho), José Derval, Aloísio Tirado (Jaó), Tachinha, Antônio Vale (Cogumelo), Hélcio Resende, Antônio Márcio (Bangalão) e seu filho Cristiano, Valjean (Canela), Marcelo Brandão e Guida, e Francisco Motta (Chico Motta).
Alguns receberam a notícia da presença de dom Belisário pelo celular e como não puderam comparecer enviaram mensagens ou telefonaram para o Tachinha enviando um abraço pela insigne presença episcopal, como o Dante (Elefante), Manoel Faria, Marino (João Galinha) e Júlio Cézar.
O Jaó levou uma parte do diário que ele fazia na época do Seminário e nele tem muita coisa e notícias interessantes da época.
O Tachinha vai escanear a folha com as notícias e depois colocar no Blog.

quarta-feira, janeiro 16, 2008

O português e as 3 cervejas.

A Celina, esposa do Antônio Vasconcelos (Bolão) mandou um e-mail com esta nova maneira de tomar cerveja.

Toda sexta, às 20h00, um português chegava em um bar e pedia 3 cervejas ao mesmo tempo. Tomava a primeira, a segunda e a terceira, pagava a conta, levantava e ia embora. E era sempre assim. Sempre às 20h00.

Em uma certa sexta o garçon, já intrigado com aquilo, perguntou para o português:
- Desculpe minha curiosidade, mas por que o senhor toma 3 cervejas toda sexta no mesmo horário?
E ele respondeu:
- Porque tenho 2 irmãos e moramos longe um dos outros.
Assim, toda sexta, às 20h00, cada um entra em um bar e pede 3 cervejas. Tomamos uma por cada um de nós. É o nosso modo de manter contato e pensarmos um nos outros...

Uma bela sexta, o português entra no bar e o garçon pergunta:
- Três cervejas como sempre?
- Não. Apenas duas.

O garçon gela! Um dos irmãos dele morreu, pensa ele.
Meio sem jeito, traz as 2 cervejas e pergunta para o homem:
- Desculpe-me amigo, mas... sempre são 3 cervejas ..Aconteceu alguma coisa com algum irmão seu, algum morreu?

E o português:
- Não, estão todos bem... é que eu parei de beber ! !

Artigo do Frei Cristóvão: Minhas impressões sobre Nanuque

Leia abaixo o artigo enviado pelo Frei Cristóvão:

Minhas Impressões Sobre Nanuque

“Tendo a honra de ser nascido em vosso reino, coloco meu corpo obediente a vossa Excelência, mas minha alma jamais o será.”( Japão –Senji Shô –12875 ).
Tenho por princípio dar o melhor de mim durante o tempo que for destinado a trabalhar em determinado lugar. Assim o foi com Nanuque no período de seis anos e meio, na década de oitenta. Minha trajetória por Nanuque está sintetizada no meu artigo “Minha passagem por Nanuque” e no meu segundo livro “A Revolução da Cordialidade – a Mulher e o novo Paradigma Civilizacional “ – Belo Horizonte: 2003).
Devo declarar, logo de início, que minhas impressões foram desoladoras, frustrantes e de muita indignação ética, com uma réstia de esperança de que algo de novo se esboçava
Estive em Nanuque em meados do ano para participar da criação e instalação da ONG “Cidadania e Defesa da Vida”; fora um dos oradores convidados para falar ao ensejo do evento. Voltei no mês de novembro para Convenção do PPS. Fora, também, convidado como um dos conferencistas do evento quando discorri sobre dois temas: “Uma visão global da Geopolítica Mundial, o papel da América Latina naquele cenário” e “O Perfil de Um Político Ideal”, ambos temas, posteriormente, transformados em artigos a serem divulgados em muitas cidades de MG e redes do Internet. Retornei à cidade no dia vinte e nove de dezembro de 2007.
Na rodoviária tomara conhecimento do falecimento do Sr. Euvaldo, cujo corpo estava sendo velado no salão da Câmara Municipal e que o sepultamento estava previsto para as 16h. Permaneci em Nanuque, fiz a cerimônia da encomendação e sepultamento do Sr. Euvaldo, uma vez que tenho relacionamento estreito de amizade com alguns de seus familiares.
Retornei a Nanuque no dia nove de janeiro, e aí fiquei até o dia treze de janeiro de 2008. Nestas idas e vindas fui tomando pé da situação caótica do município, em especial, política e juridicamente falando!
Um prefeito ilegalmente na função de prefeito, eleito pela Câmara Municipal e isso por duas vezes consecutivas. Tudo isso ao arrepio da Lei, seja da legislação eleitoral vigente, seja do Regimento Interno da Câmara. Por duas vezes o Município cai nas mãos de uma pessoa, política e administrativamente, despreparada e incompetente. Numa palavra: o homem não tem capacidade para manter as rédeas nas mãos. Outros dirigem a casa; e, isso é de conhecimento público! E para engrossar o caldo se arvora como candidato à reeleição no pleito do ano em curso.
Um Ministério Público moroso e um Juiz de Direito sem credibilidade, pois é do conhecimento geral na cidade, de que tem gente de sua convivência íntima e afetiva trabalhando na Prefeitura.
A Receita Federal omissa, fazendo olho gordo às irregularidades quanto ao cumprimento do que a legislação da União prescreve.
As Igrejas, sejam elas as Evangélicas como a Igreja Católica, fechadas sobre si mesmas, tem pouco peso político na cidade. Perdidas numa interpretação piegas, espiritualizante, para não dizer fundamentalista da Palavra de Deus, estão distantes da dimensão profética da Boa Nova Evangélica, uma vez que o projeto do Rabi da Galiléia implica em vida em abundância para todos (J.10,10), e Justiça para todos a começar com os pobres, os excluídos de então e de hoje (Mt 5-6-7 – 25,31ss, Lc 4,16-20., entre tantos outros textos).
“No final do túnel, uma luzinha de esperança: Um esboço de reação a essa situação afrontosa à comunidade nanuquense começa a se articular. Participei de duas reuniões nas quais debatemos exaustivamente a situação, suas origens e suas conseqüências para Nanuque e alternativas para a sua superação.
No momento, levando em conta a dinamicidade do provisório; em especial, de todo e qualquer quadro político, creio que a candidatura do Sr. Nide Alves de Brito e seu grupo, insisto, de seu grupo, podem mudar os rumos da Política de Nanuque.
E quanto aos que fazem do Poder meio para subir na vida, se enricar às custas do povo sofrido e lascado, relembro o que a sabença popular nos ensina:
- “Mentira tem pernas curtas”
- “O Poder tem raízes na areia”
- “A Justiça de Deus pode tardar, jamais falhará”
- “Política sem ética é um lixo”
De minha parte acrescentaria que a Verdade pode ser ofuscada, negada. Sua vitória é questão de tempo, de mais ou menos dias, porque ela coincide com a própria essência de Deus que é a fonte de toda luz.
Frei Cristóvão Pereira OFM.
Convento São Francisco das Chagas,14/01/2008, Belo Horizonte, MG.

Reclamação de usuário

Segue abaixo o e-mail recebido do Thúlio Trivelli que está morando em Aparecida de Goiânia.

Reclamação de um Usuário x Resposta do Suporte Técnico!!!

Prezado Técnico,

Há um ano e meio troquei o programa [Noiva 1.0] pelo [Esposa 1.0] e verifiquei que o Programa gerou um aplicativo inesperado chamado [Bebê.exe] que ocupa muito espaço no HD.

Por outro lado, o [Esposa1.0] se auto-instala em todos os outros programas e é carregado automaticamente assim que eu abro qualquer aplicativo.

Aplicativos como [Cerveja_Com_ A_Turma 0.3], [Noite_De_Farra 2.5] ou
[Domingo_De_Futebol 2.8], não funcionam mais, e o sistema trava assim que eu tento carregá-los novamente.

Além disso, de tempos em tempos um executável oculto (vírus) chamado [Sogra 1.0] aparece, encerrando Abruptamente a execução de um comando.

Não consigo desinstalar este programa. Também não consigo diminuir o espaço ocupado pelo [Esposa 1.0 ] quando estou rodando meus aplicativos preferidos.

Sem falar também que o programa [Sexo 5.1] sumiu do HD.

Eu gostaria de voltar ao programa que eu usava antes, o [Noiva 1..0], mas o comando [Uninstall.exe] não funciona adequadamente.

Poderia ajudar-me? Por favor!

Ass: Usuário Arrependido

RESPOSTA:

Prezado Usuário,

Sua queixa é muito comum entre os usuários, mas é devido, na maioria das vezes, a um erro básico de conceito: muitos usuários migram de qualquer versão [Noiva 1.0] para
[Esposa 1.0] com a falsa idéia de que se trata de um aplicativo de entretenimento e utilitário.

Entretanto, o [Esposa 1.0] é muito mais do que isso: é um sistema operacional completo, criado para controlar todo o sistema!

É quase impossível desinstalar [Esposa 1.0] e voltar para uma versão [Noiva 1.0], porque há aplicativos criados pelo [Esposa 1..0], como o [ Filhos.dll ], que não poderiam ser deletados, também ocupam muito espaço, e não rodam sem o [Esposa 1.0].

É impossível desinstalar, deletar ou esvaziar os arquivos dos programas depois de instalados. Você não pode voltar ao [Noiva 1.0] porque [ Esposa 1.0] não foi programado para isso.

Alguns usuários tentaram formatar todo o sistema para em seguida instalar a [Noiva Plus] ou o [ Esposa 2.0], mas passaram a ter mais problemas do que antes (leia os capítulos "Cuidados Gerais" referente a "Pensões Alimentícias" e "Guarda das crianças" do software [CASAMENTO].

Uma das melhores soluções é o comando [DESCULPAR.EXE /flores/all] assim que aparecer o menor problema ou se travar o micro. Evite o uso excessivo da tecla [ESC] (escapar). Para melhorar a rentabilidade do [Esposa 1.0 ], aconselho o uso de [Flores 5.1], [Férias_No_Caribe 3.2]ou [Jóias 3.3 ].

Os resultados são bem interessantes! Mas nunca instale [Secretária_De_Minissaia 3.3], [Antiga_Namorada 2.6] ou [ Turma_Do_Chopp 4.6], pois não funcionam depois de ter sido instalado o [Esposa 1.0] e podem causar problemas irreparáveis no sistema.

Com relação ao programa [Sexo 5.1 ] esquece! Esse roda quando quer.

Se você tivesse procurado o suporte técnico antes de instalar o [Esposa1.0 ] a orientação seria: NUNCA INSTALE O [ESPOSA 1.0] sem ter a certeza de que é capaz de usá-lo!

Agora.... Boa sorte!

Analista de Sistema.

terça-feira, janeiro 15, 2008

Fotos do Tachinha

O Tachinha no seu endereço de fotos do Flickr:  recebeu uma mensagem pedindo autorização para a utilização de uma foto em um dos álbuns de igrejas para ser usado num guia turístico de Roma conforme o recado abaixo.
Eu apaguei o final do endereço da página com a indicação da autorização do uso.
Esta foto eu peguei não sei onde e, obviamente, não tenho os direitos autorais sobre ela para que eles dessem o crédito em meu nome.
Como não sei quem é o autor eu autorizei para ser creditada como DOMÍNIO PÚBLICO (PUBLIC DOMAIN).
Espero não ser preso por causa desta autorização.

A foto é esta:





Schmap: Rome Photo Short-list


Hi Altair,

I am writing to let you know that one of your photos has been short-listed for inclusion in the fourth edition of our Schmap Rome Guide, to be published later this month.

www.schmap.com/ - Este é o endereço da página do guia.

Clicking this link will take you to a page where you can:
i) See which of your photos has been short-listed.
ii) Submit or withdraw your photo from our final selection phase.
iii) Learn how we credit photos in our Schmap Guides.
iv) Browse online or download the second edition of our Schmap Rome Guide.

While we offer no payment for publication, many photographers are pleased to submit their photos, as Schmap Guides give their work recognition and wide exposure, and are free of charge to readers. Photos are published at a maximum width of 150 pixels, are clearly attributed, and link to high-resolution originals at Flickr.

Our submission deadline is Sunday, January 20. If you happen to be reading this message after this date, please still click on the link above (our Schmap Guides are updated frequently - photos submitted after this deadline will be considered for later releases).

Best regards,

Emma Williams,
Managing Editor, Schmap Guides

segunda-feira, janeiro 14, 2008

Nova página do Tachinha/Coral Gregoriano

Visitem a nova página que o Tachinha está fazendo para divulgar o CD e o Coral Gregoriano de Belo Horizonte.
Dêem uma olhada e, para quem sabe, incluam algumas Tags nas músicas. Tags, para quem não sabe, são palavras que são utilizadas para que os sites de pesquisas encontrem alguma coisa relacionada ao assunto que está sendo pesquisado.
No caso do canto gregoriano poderiam ser: canto gregoriano, gregorian chant, chant grégorien, gregoriaans, plain chant, canto chão, coral gregoriano, missa, latim, música sacra, sacred music, musique sacrée e outras que tais.
O endereço é: http://www.lastfm.com.br/music/Coral+Gregoriano+de+Belo+Horizonte/Rorate
O www.lastfm.com - Last FM - é um endereço muito bom para quem gosta de música, pois lá você pode ouvir rádios "montadas" pelos internautas com estilos os mais variados.
Nesta nova página só tem 5 músicas mas vou colocar todas as outras do CD Rorate. Elas só podem ser ouvidas e não podem ser baixadas.

Artigo do Rosário: Vida e Morte (Aborto)

Leia abaixo o último artigo enviado pelo Rosário.

Paz plena...
Amigos e irmãos do ENFRADES.
No meu ponto de vista todas as pessoas que desejam trabalhar para uma melhoria da sociedade na Terra têm que defender em vida desde o seu início até o término, então temos que falar sempre contra o "aborto". Esse meu artigo foi enviado por três vezes e a 3ª vez foi no dia 11/01/2.008.
Paz plena... Rosário.

191 - vida e morte (Aborto) - publicado em 12/01/2008.

A medicina tem como objetivo primordial a proteção à vida de todos os seres humanos e em todas as circunstâncias. Quando um membro da medicina age contra a vida, então estará agindo contra a principal razão da medicina: salvar vidas.
A doutora Fátima Oliveira no artigo: "O canto do cisne do PL nº 1.135/191?" continua defendendo o direito à liberdade reprodutiva da mulher, mas o seu intento é sempre dar plena liberdade à mulher para que ela possa decidir ou não a continuação de uma gravidez, em outras palavras permitir que a mulher mate ou não um filho, ainda como um feto.
Eu concordo com a sua posição em defender o direito da mulher em querer ou não ter um filho, mas isso tem que ser antes da gravidez. Quando a mulher já está grávida, ela já tem um novo ser em seu ventre e fazer o aborto é um ato contrário à vida daquele pequeno ser, pois está matando ou assassinando um ser, que ainda não tem como se defender.
Vemos todo o esforço da sociedade em proteger os bebês e as crianças, após o nascimento. Por que a diferença com relação aos fetos? Estes são mais inocentes ainda ou eles ainda não são novos seres, só por que dependem em tudo de suas mães para sobreviverem? Para mim, o aborto legalizado ou não sempre será um crime maior perante a justiça espiritual, pois muitas vezes a justiça humana nem fica sabendo de nada sobre esses atos vis e desumanos contra os fetos, que deveriam ser os frutos do amor e do calor humano. E matar um novo ser no início de sua vida não reduz a culpa de ninguém perante o que está escrito: "Não Matarás".
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG.
Belo Horizonte, 10/12/2007.

domingo, janeiro 13, 2008

CD para o presidente Lula.

O Tachinha não perde uma chance para fazer propaganda do Coral Gregoriano de Belo Horizonte e do CD gravado pelo coral.
Neste domingo o David Venuto (Tampinha) que mora em Ervália e veio visitar os filhos em Belo Horizonte e deixou um recado na secretária eletrônica do Tachinha convidando-o para se encontrar com ele no Mercado Central (o quintal do Tachinha).
Quando estavam tomando uma cervejinha apareceram por lá, por acaso, o Valjean (Canela) e o Vicente Mendes.
O Vicente é irmão do Abelardo, de Brasília, e trabalha no Palácio do Planalto e o Tachinha aproveitou a "oportunité" para mandar um CD com dedicatória e tudo o mais para o Excelentíssimo Senhor Presidente da República Federativa do Brasil Dr. Luís Inácio Lula da Silva.
Aproveitando o embalo ele mandou, também, um para o Luiz Dulci, secretário-geral da Presidência da República, e filho do Sr. Cesário Dulci e Anita Boeke, que foram grandes colaboradores do Seminário lá em Santos Dumont.
O Vicente estava de passagem por Belo Horizonte vindo de férias no Espírito Santo. Já o Abelardo anda curtindo as férias em Natal.
O placar de visitas ao Blog até hoje estava em 27 do Brasil e 2 da Itália.