segunda-feira, junho 23, 2008

Músicas do Lucernário e da Missa do Enfrades 2008

Veja abaixo o texto das músicas da nossa Missa lá no encontro no Seminário Seráfico Santo Antônio, em Santos Dumont, no dia 6 de julho, e do Lucernário, no dia 4.

As letras das músicas do Lucernário já foram colocadas na postagem do dia 18 de junho.

O Tachinha colocou alguns arquivos no Rapid Share para você baixar e já ir treinando as músicas. Se você tiver alguma dificuldade em baixar os arquivos é só mandar um e-mail para o mesmo, (enfrades@yahoo.com.br) pois aí ele pode enviar direto para o seu e-mail.

Veja os arquivos abaixo:

Lucernário - partituras (enviadas pelo Celso Neiva - Morcego)

Lucernário - Salmo - Que minha prece (arranjo feito pelo Francisco Motta - Chiquinho)

Lucernário - Que minha prece - Refrão (arranjo feito pelo Francisco Motta - Chiquinho)

Irmão sol com irmã luz (vídeo do YouTube, música cantada pelo Pe. Zezinho)

Missa VIII - De Angelis: - músicas em MP3

- Kyrie VIII
- Gloria VIII
- Credo III
- Sanctus VIII
- Agnus Dei VIII

Neste endereço do LastFM você pode, também, baixar e/ou ouvir a Missa de Angelis - Missa VIII

Neste endereço estão as partituras da Missa de Angelis, em gregoriano e para órgão.

Vá nestes endereços e clique em baixar as músicas e na página seguinte deve aparecer umas letras com uns animais e você dever escrever na "janelinha" as 4 letras que estiverem com um gatinho (às vezes é difícil distinguir o gato de outro bicho)

Segue abaixo as letras das músicas para a missa.

E N F R A D E S / 2008

CANTO DE ENTRADA:
Irmão sol com irmã luz, trazendo o dia pela mão. / Irmão céu de intenso azul a invadir o coração: Aleluia!
Refrão: Irmãos, minhas irmãs, vamos cantar nesta manhã, pois renasceu, mais uma vez, a criação das mãos de Deus. Irmãos, minhas irmãs, vamos cantar: Aleluia, aleluia, aleluia.
Minha irmã terra que ao pé dá segurança de chegar / Minha irmã planta que está suavemente a respirar. – (Refrão)
Irmã flor que mal se abriu fala do amor que não tem fim / Água irmã que nos refaz e sai do chão cantando assim: Aleluia. (Refrão)
SALMO RESPONSORIAL: Salmo 144
Bendirei, eternamente, vosso nome, ó Senhor.
ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO:
A vossa Palavra, Senhor, / é sinal de interesse por nós. (bis)
1. Como o Pai ao redor de sua mesa, / revelando seus planos de amor.
2. É feliz quem escuta a Palavra/ e a guarda no seu coração.
OFERTÓRIO:
Refrão: Minha vida tem sentido / Cada vez que eu venho aqui / E te faço o meu pedido/De não me esquecer de ti.
Meu amor é como este pão / Que era trigo que alguém plantou depois colheu / E depois tornou-se salvação / E deu mais vida e alimentou o povo meu. Eu te ofereço este pão / Eu te ofereço o meu amor – Refrão:
Meu amor é como este vinho / Que era fruto que alguém plantou depois colheu / E depois encheu-se de carinho / E deu mais vida e saciou o povo meu / Eu te ofereço vinho e pão / Eu te ofereço meu amor.
COMUNHÃO:
1. Pelos prados e campinas verdejantes eu vou! É o Senhor que me leva a descansar. Junto às fontes de águas puras, repousantes, eu vou! Minhas forças o Senhor vai animar!
Refrão: Tu és, Senhor, o meu Pastor! Por isso nada em minha vida faltará! (bis)
2. Nos caminhos mais seguros junto dele eu vou! E pra sempre o seu nome eu honrarei. Se eu encontro mil abismos nos caminhos, eu vou! Segurança eu tenho em suas mãos!
3. No banquete em sua casa, muito alegre, eu vou! Um lugar em sua mesa me preparou! Ele unge minha fronte e me faz ser feliz, e transborda a minha taça em seu amor.
4. Bem à frente do inimigo confiante eu vou! Tenho sempre o Senhor perto de mim. Seu cajado me protege e eu jamais temerei. Sempre junto do Senhor eu estarei.
5. Co`alegria e esperança, caminhando eu vou! Minha vida está sempre em suas mãos. E na casa do Senhor eu irei habitar. E este canto para sempre irei cantar.
ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO:
Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz. / Onde houver ódio, que eu leve o amor.
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão. / Onde houver discórdia, que eu leve a união.
Onde houver dúvidas, que eu leve a fé. / Onde houver erros, que eu leve a verdade.
Onde houver desespero, que eu leve a esperança. / Onde houver tristeza, que eu leve a alegria.
Onde houver trevas, que eu leve a luz. / Ó Mestre, fazei que eu procure mais, consolar que ser consolado, compreender que ser compreendido, amar que ser amado. / Pois, é dando que se recebe, é perdoando que se é perdoado. / E é morrendo que se vive para a vida eterna.
OBRIGADO A TODOS PELA PRESENÇA ! BOA VIAGEM, E .....ATÉ 2009!

Nenhum comentário:

Postar um comentário