domingo, fevereiro 24, 2008

Artigo do Rosário: Vida interior

Leia abaixo o último artigo enviado pelo Rosário Américo.

Paz plena...
Irmãos e companheiros de evolução do ENFRADES.
Mais uma vez entrei nos assuntos que o teólogo Leonardo Boff publica. Mas, no meu ponto de vista, o teólogo Leonardo Boff deveria continuar defendendo e divulgando a "Teologia da Libertação" e assim ele seria muito mais útil à evolução do pensamento teológico da atualidade, mas ele deveria entender e divulgar a Teologia da Libertação dentro dos princípios esotéricos, ligando-a ao princípios libertadores do Evangelho e deixando assim o lado exóterico, que liga a Teologia da Libertação às idéias e ideologias do comunismo ateu.
Fiz também uma apresentação das modificações do responsável pela edição do jornal O TEMPO.
Paz plena... Rosário.

194 - Vida interior - publicado em 23/02/2008.

Gostei do artigo: "A dimensão esquecida: a vida interior" do teólogo Leonardo Boff (Opinião 15/2). Realmente a vida possui as dimensões do interior e do exterior e o sucesso dos mestres está na conquista da vivência equilibrada entre essas dimensões. Todos querem viver bem e para isso têm que aprender a conviver bem, pois aqui está do principal objetivo do ensinamento do perdão e do amor.
O grande problema da atualidade é que as religiões antigas, que com os seus dogmas, princípios irracionais e mistérios, não conseguem mais responder as perguntas que vêm do interior de cada ser humano, quando conquista a liberdade de pensar. Quem somos nós? De onde viemos? Qual é o sentido de nossas vidas? Temos uma só vida? Quem é Deus? O porquê dos sofrimentos?
Enquanto ficarmos aceitando o mistério, então nada será explicado. A imposição de dogmas irracionais só bitola a liberdade até de pensar, em função do medo de estar pecando ou ofendendo a Deus. A saída para a compreensão sobre a vida está no autoconhecimento de cada um e entender a Teologia da Libertação no sentido esotérico: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" (João 8,32) e "Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância" (João 10,10). E também só podemos falar daquilo que sabemos e testemunhar aquilo que vimos (João 3,11). Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 17/02/2008.

194 - Vida interior - publicado em 23/02/2008.

Gostei do artigo: "A dimensão esquecida: a vida interior" do teólogo Leonardo Boff (Opinião 15/2). Realmente a vida possui as dimensões do interior e do exterior e o sucesso dos mestres está na conquista da vivência equilibrada entre essas dimensões. Todos querem viver bem e para isso têm que aprender a conviver bem, pois aqui está do principal objetivo do ensinamento do perdão e do amor.
O grande problema da atualidade é que as religiões antigas, que com os seus dogmas, princípios irracionais e mistérios, não conseguem mais responder as perguntas que vêm do interior de cada ser humano, quando conquista a liberdade de pensar. Quem somos nós? De onde viemos? Qual é o sentido de nossas vidas? Temos uma só vida? Quem é Deus? O porquê dos sofrimentos?
Enquanto ficarmos aceitando o mistério, então nada será explicado. A imposição de dogmas irracionais só bitola a liberdade até de pensar, em função do medo de estar pecando ou ofendendo a Deus nos imobiliza. A saída para a compreensão sobre a vida está no autoconhecimento de cada um e entender a Teologia da Libertação no sentido esotérico: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará" (João 8,32) e "Eu vim para que tenham vida e a tenham em abundância" (João 10,10). E também só podemos falar daquilo que sabemos e testemunhar aquilo que vimos (João 3,11).
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 17/02/2008.

Retirado: em itálico
Incluído: em negrito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário