sábado, setembro 15, 2007

Artigo do Rosário: Deus bíblico.

Aí vai mais um artigo enviado pelo Rosário Resende.

Paz plena...
Irmãos, companheiros e amigos do ENFRADES.
Um abraço para todos e que a PAZ habite o coração de cada um. Nós só vamos nos sentindo livres quando vamos também compreendendo a verdade, que liberta (João 8,32) e cada um tem a sua verdade, mas todos nós estamos em busca da VERDADE ABSOLUTA.
Em todo o nosso processo de aprendizado recebemos tantas informações corretas ou não, e julgamos que tudo o que aprendemos seja absolutamente verdadeiro. E os casos mais sérios têm muito a ver com nossos princípios religiosos, que muitas vezes são tão infantis, mas nunca pensamos mais nos mesmos e apenas os aceitamos como verdadeiros e até indiscutíveis.
Ensinaram-nos a temer a DEUS, que tem um amor infinito para com todos e até para com aqueles que cometeram os pecados mais cabeludos. DEUS por ser realmente bom e perfeito nos ama e nos compreende de uma forma infinita e nunca condenou, condena ou irá condenar ninguém. A meta de todos nós é sermos perfeito como o nosso Pai celeste é perfeito (Mateus 5,48). E só iremos entender melhor a perfeição de Deus quando tivermos os nossos corações realmente puros (Mateus 5, 8).
Paz plena... Rosário.

179 - O Deus bíblico - publicado em 06/08/2007.

Parabéns ao teólogo Leonardo Boff pelo artigo: "Um Deus que chora" (Opinião 27/7). Todos os seres humanos do Ocidente têm uma forte e profunda influência da Bíblia, pois o nosso inconsciente individual e coletivo vive e revive intensamente os ensinamentos teístas da Bíblia, que nos apresentam um Deus poderoso e ciumento, que deve ser temido. O Deus bíblico, além de ser guerreiro, pois sempre marchava à frente dos exércitos, exigia sacrifícios de sangue para que os seres humanos fossem perdoados de seus pecados. O maior e o mais absurdo de todos os sacrifícios sangrentos foi o de Jesus, que derramou o sangue na cruz e esse sacrifício foi exigido por Deus para que o gênero humano pudesse alcançar a redenção.
Esse aspecto do Deus bíblico é bem diferente da outra face dada a Deus, o Deus, que protege a vida e o amor fiel e puro: não matarás; não cometerás adultério; amai-vos uns aos outros, como eu vos amei; eu vim para que tenham vida em abundância e perdoai setenta e sete vezes.
O que ficou muito claro para mim, após 1980, foi que os biblistas e os teólogos ainda não entenderam a Deus e nem conseguiram separar o Espírito de Deus dos espíritos de guerreiros, que sempre se apresentaram como se fossem o próprio Deus e por isso criaram para nós um grande mistério em torno de Deus.
Deus é bom e não pode ser benévolo e malévolo ao mesmo tempo.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG.
Belo Horizonte, 27/07/2007.

Cervejinha de quinta-feira: 13 de setembro

Na cervejinha desta quinta-feira estiveram presentes: Jaburu, Frei Cristóvão, Carlos Augusto (Coelhinho), José Derval, Tachinha, Amaury, Alex Fantini, Paulo Petermann, Valjean (Canela). Deram só uma passadinha por lá o Noraldino (Chibeta) e Aloísio Tirado (Jaó).

quinta-feira, setembro 13, 2007

Para tentar ler

Recebi este e-mail do José Eduardo, também conhecido como Dado, que faz parte da Jaburuzada atleticana (coitados). Tente ler, pois começando a ler você consegue ir "traduzindo":

Muito legal!

Se você conseguir ler as primeiras palavras o cérebro decifrará automaticamente as outras...

3M D14 D3 V3R40, 3574V4 N4 PR414, 0853RV4ND0 DU45 CR14NC45 8R1NC4ND0 N4 4R314. 3L45 7R484LH4V4M MU170 C0N57RU1ND0 UM C4573L0 D3 4R314, C0M 70RR35, P4554R3L45 3 P4554G3NS 1N73RN45. QU4ND0 3575V4M QU453 4C484ND0, V310 UM4 0ND4 3 D357RU1U 7UD0, R3DU21ND0 0 C4573L0 4 UM M0N73 D3 4R314 3 35PUM4.
4CH31 QU3, D3P015 D3 74N70 35F0RC0 3 CU1D4D0, 45 CR14NC45 C41R14M N0 CH0R0, C0RR3R4M P3L4 PR414, FUG1ND0 D4 4GU4, R1ND0 D3 M405 D4D45 3 C0M3C4R4M 4 C0N57RU1R 0U7R0 C4573L0. C0MPR33ND1 QU3 H4V14 4PR3ND1D0 UM4 GR4ND3 L1C40; G4574M05 MU170 73MP0 D4 N0554 V1D4 C0N57RU1ND0 4LGUM4 C0154 3 M415 C3D0 0U M415 74RD3, UM4 0ND4 P0D3R4 V1R 3 D357RU1R 7UD0 0 QU3 L3V4M05 74N70 73MP0 P4R4 C0N57RU1R. M45 QU4ND0 1550 4C0N73C3R 50M3N73 4QU3L3 QU3 73M 45 M405 D3 4LGU3M P4R4 53GUR4R, 53R4 C4P42 D3 50RR1R! S0 0 QU3 P3RM4N3C3 3 4 4M124D3, 0 4M0R 3 C4R1NH0.
0 R3570 3 F3170 D3 4R314

quarta-feira, setembro 12, 2007

Artigo do Rosário: Impunidade.

Com um pouco e longo (?) atraso, estou colocando o artigo enviado pelo Rosário. Ainda não sei, oficialmente, o resultado da compra de votos no Senado, hoje, lá em Brasília (são 18h16 e não tenho notícias mais recentes), mas pelos políticos que nós temos, tenho toda e absoluta certeza que o nosso Boinan Ralheiros foi absolvido de toda a pouca vergonha que muito nos enoja e causa asco.
Este artigo do Rosário falando sobre corrupção vai confirmar, mais uma vez, que a nossa classe política, com honrosíssimas exceções, é tudo farinha do mesmo saco, cheio de mer... e que fede muito.


Paz plena...
Irmãos, companheiros e amigos do ENFRADES.
Temos que ir mostrando para todos as verdades sublimes da vida e, para mim, uma destas importantes e libertadores verdades é a aceitçaão da reencarnação.
Pena que o jornal O TEMPO não publicou o trecho onde falo da reencarnação e que está em azul (itálico)... Mas aqui estou divulgando tudo.
Paz plena... Rosário.

178 – Impunidade (ACM) - publicado em 26/07/2007.

Parabéns ao colunista Teodomiro Braga pelo artigo: "ACM e a impunidade" (Política 21/7), mostrando que o Antônio Carlos Magalhães entra para a história como o símbolo da mãe de todas as nossas mazelas políticas: a impunidade.
É muito comum que quando alguém morre todos vêm com a última ocasião da impunidade, que é fruto de nossa ignorância: "Descansem em paz". Mas devemos lembrar que, numa hora como essa, todos vão enfrentar e serem julgados por uma justiça severa e perfeita, à qual ninguém pode enganar, ludibriar ou mesmo corromper. Seja lá quem for, mas até o maior corrupto e espertalhão político irá ser julgado com todos os rigores da lei e destas leis ninguém escapa, tudo terá que ser pago e até ao último centavo (Mateus 5, 26).
(Não publicado) Muitos não terão outra saída e serão obrigados a reencarnarem em condições não tão agradáveis, isto é: renascerem entre nós como filhos de sem terra, de pessoas que vivem sob pontes ou nas ruas, de refugiados em campos de exilados ou até mesmo como filhos de nossos irmãos da Abissínia, que são puros esqueletos humanos.
Ai sim, haverá muito choro e ranger de dentes, pois terão que comer o pão, que o diabo (eles mesmos, enquanto vivam na corrupção e na safadeza) amassou ou viver das migalhas, que eles dizem que dão aos pobres, com o título de "bolsa família".
A aceitação da reencarnação nos ajuda a entender os enigmas e os segredos de nossa vida evolutiva.


Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG.
Belo Horizonte, 23/07/2007.

terça-feira, setembro 11, 2007

E-mail recebido.

Tenho que colocar alguma notícia no Blog, pois senão o arcebispo de São Luís e outros leitores ficarão na bronca pelo fato de o Tachinha demorar a colocar alguma novidade na página.

Segue, abaixo, o e-mail do José Vicente Lopes da Costa (Cascão - 84/86), de Januária:

Pax et bonum !

Pude ver as fotos do seminário, de tia Geralda, dos meus companheiros menudos e não pude, ainda que à distância, conter a emoção. Foi muito reconfortante constatar que o inexorável tempo não conseguiu e não conseguirá apagar as lembranças daqueles tempos memoráveis e felizes. Alguns amigos foi possível identificar com certa facilidade como o Juvenílson, o Fernando e o Verivaldo. No entanto, custou-me acreditar na transformação do Ocimar. --- Meu amigo, como você mudou, é inacreditável ! Espero que para o próximo encontro eu tenha disponibilidade para encontrá-los. Um forte abraço a todos !