sábado, março 24, 2007

Rádio e música na Internet

Eu gosto muito de ouvir rádio e músicas pela Internet e aí vai a dica de um bom programa que pode ser baixado no endereço: www.screamer-radio.com
O programa se chama Screamer e é bem pequeno e tem a vantagem de você poder gravar o que você estiver escutando (Recording - Begin recording) e algumas das rádios anunciam ao pé da página o nome da próxima música e no caso basta ficar ligado para salvar a música no seu computador.
O programa tem uma grande variedade de estilos de rádio de todo o mundo. Do Brasil tem poucas rádios, mas quem gosta de ouvir por estilos (genre) vai encontrar muitas rádios de música clássica, new age (downtempo and lounge), rock, religiosa etc.
Tenho um monte de programas para ouvir rádios e músicas de todo o mundo: Winamp (muito bom), Real Player, Windows Media Player, Netscape Radio, Internet Radio, Jet Audio, Radio Tracker, Itunes, Vtunes e não sei mais o quê.
Baixem o programa e tenham bom proveito.

Reclamar com o bispo?

Quando as coisas estão erradas e é necessário fazer alguma reclamação sempre dizem "vá reclamar com o bispo" mas, no caso do Blog do Tachinha, o Jaburu me passou um recado de um grande amigo nosso que é arcebispo (????) em São Luís, no Maranhão, e que falou com o Jaburu que o Tachinha anda meio preguiçoso ou dormindo mais do que navegando na Internet já que o Blog fica um bom tempo sem notícias e como a reclamação é procedente e partiu de uma autoridade que merece todo o crédito e respeito, eu, Tachinha, vou ter que colocar pelo menos uma notícia por semana e só não vale ficar inventando.

Cervejinha de quinta-feira: 22 de março

Na cervejinha da última quinta-feira, dia 22, eu me esqueci de colocar o nome do Rosemiro Pereira Leal (Turco - 50/51) que estava há um bom tempo sumido pois ele dá aulas à noite.

sexta-feira, março 23, 2007

Cervejinha de quinta-feira: 22 de março

A cervejinha de ontem, dia 22, estava animada. Apareceram por lá: Adeir; Tachinha; Jaburu; Amaury e seu amigo Cunha; Carlos Magno e sua esposa Maria; Valjean (Canela); Eustáquio Tadeu (Siri); José Lembi (Pelado); Hélcio Resende; Antônio Márcio (Bangalão); Ricardo Cruz (Grilo) e Divaldo, ex-seminarista de Itaúna.

quinta-feira, março 22, 2007

Corrente de fé pelo Jaburu.

O nosso querido amigo Helvécio Chaves (Jaburu - 46/47) será operado na próxima segunda-feira, dia 26, pela manhã, a uma operação para colocar duas "estates" ??
Não sei se o nome correto é este mesmo. Tal operação é para colocar estas duas "molas" que irão funcionar como uma maneira de desobstruir as veias que estiverem com problemas de entupimento.
Unamo-nos numa corrente de fé e oração para que, com a graça de Deus, tudo corra bem e ele volte logo para o nosso convívio. Saúde, Jaburu, e muitos anos de vida após "arrumar a casa"!

Artigo do Rosário:

Leia abaixo o último artigo enviado pelo Rosário:

Paz plena...Irmãos e companheiros do ENFRADES.

A liberdade de qualquer pessoa tem que ser respeitada. Para mim parece que quem são os líderes religiosos, que mais cassam a liberdade de cada indivíduo. Até 1960 a Igreja tinha uma língua oficial e quase tudo era rezado ou lido em latim. Depois foi liberado o vernáculo e quem quis continuar usando o latim foi bitolado por Roma, como o caso do cardeal francês Lefebvre. Agora vem o papa Bento XVI querendo voltar o uso do latim. E vindo dele fica correto. Ai iremos ter vários outros Lefebvre, mas agora defendendo o uso do vernáculo. Voltar ao passado deste jeito não entra em minha cabeça. Mas vindo do chefe todos os católicos irão ter que aceitar.... Eta! Bitolação da liberdade...
Isso é coisa de pessoas que julgam que sabem tudo e que Deus só entende o latim. Rosário.
168 - Bento XVI (Igreja) -
publicado em 16/03/2007.
A notícia sobre o Documento do Vaticano (Internacional, 14/03) me deixou muito surpreso. Tinha absoluta certeza que a eleição do cardeal Joseph Ratzinger pelo conclave era uma forma dos cardeais ganharem tempo, pois o eleito já tinha 78 anos. Todos eles tinham certeza de que o Bento XVI não iria mudar nada nas leis canônicas que dirigem os rumos da Igreja Católica. E todo católico que tem um pouco de conhecimento sobre o processo de agir da hierarquia da Igreja já sabia que Bento XVI já dirigia a Igreja há vários anos.
Existem mudanças que serão saudáveis para a Igreja como o fim do celibato para os padres e a ordenação sacerdotal para as mulheres. Agora a disposição do ultraconservador cardeal Ratzinger, já como Bento XVI, em querer voltar o uso do latim nas celebrações de missas e outras orações me surpreendeu e devem estar colocando muitos padres com as barbas de molho, pois desde o Concílio do Vaticano II, iniciado por volta de 1960, não se usa e nem se estuda mais o latim como antes. E muitos cardeais que elegeram o papa Bento XVI já devem estar bem arrependidos e parece que ele vai viver muito mais do que o tempo esperado. O Cardeal Lefebvre deverá ter o seu processo de canonização defendido por seus seguidores, que devem estar imensamente satisfeitos.
Rosário Américo de Resende.
Ex-professor da UFMG.
Belo Horizonte, 14/03/2007