terça-feira, dezembro 04, 2007

Tradução: quem se habilita?

O Tachinha esteve na secretaria onde ele trabalhou e foi apresentado como "salvador" de um "dever de casa" de uma estagiária que está trabalhando lá, mas o Latim dele está meio-bastante esquecido lá nos idos da década de 60, no Seminário, em Santos Dumont, e ele não conseguiu resolver o "pobrema" da estudante de Letras.
Será que algum latinólogo consegue traduzir o texto abaixo, já com algumas dicas dadas no próprio texto do exercício?
Quem conseguir pode mandar a tradução para o meu e-mail: enfrades@yahoo.com.br

Graculus (gralho) superbus (soberbo) pennas (pena) sumit (apanhar) quae de pauonibus (pavão) cadeban (cair) et illis se exornat (enfeitar). Deinde (em seguida), contemnit (desprezar) genus (povo) suum (seu) et formoso gregi (bando) pauonum (pavão) se immiscet (misturar). Sed (mas) pauones pennas (pena) auis (ave) impudentis (atrevido) auellunt (arrancar) et rostris (bico) illam e grege (bando) fugant (expulsar). Graculus tristis (triste) remigrat (voltar) ad proprium genus (povo) quod illum etiam (também) repellit (repelir). “Quia (porque) frates (irmão) tuos paruum aestimauisti (fazer pouco caso de) et e sede tua sine causa (motivo) exiuiste (sair), hanc contumeliam (ofensa) nunc iure sentir”, dicunt socii (companheiro) offensi (ofendido).

Nenhum comentário:

Postar um comentário