quarta-feira, novembro 28, 2007

O gavião e o susto

O Tachinha, eu, estava no meu apartamento, no finalzinho da tarde, dando uma de lavadeira na área de serviços e quando acabei a tarefa levei um susto ao ver pousado no meio de umas caixas um filhote de gavião o qual, ao me aproximar, já veio logo abrindo as asas e o bico para dar uma bicadinha básica para cima de mim.
Estava tentando dar comida para ele e por precaução colocava um pedaço de pão numa pequena colher de plástico numa das mãos e com a outra desviava a atenção dele para que abrisse a boca, mas não estava conseguindo nada, pois acho que ele só queria me dar uma bicada.
Para sorte dele, ontem a secretária do Tachinha tinha cozinhado um pescoço de peru e sobrou alguma coisa e depois de desfiar o que sobrou eu fui tentar alimentá-lo de novo e, ao final após algumas "conversas" já tínhamos chegado a um acordo e o mesmo começou a pegar a carne no meu dedo e já estava só faltando “lamber” o que sobrou.
Ao final da “janta” ele foi dormir e vamos ver o que ele, o gavião, vai querer fazer amanhã.
Coisas de cidade grande.

Nenhum comentário:

Postar um comentário