segunda-feira, novembro 28, 2005

Artigos do Rosário:

O Rosário que estava há um bom tempo sem enviar os artigos dele, agora resolveu mandar um monte de uma vez. Os artigos são cartas que são publicadas no jornal O Tempo, de Betim.
104 - Hipocrisia (Aborto) - Publicado em 09/05/2005

Li o artigo: “Hipocrisia” do leitor Lair Estanislau Alves de 30/04/2005 e decidi dar a minha opinião sobre o assunto. O irmão Lair defende o aborto e até condena o Código Penal como das mais cruéis injustiças porque o mesmo classifica o aborto como infanticídio.
Para mim o aborto é um dos mais cruéis crimes e às vezes realizado de uma forma bem secreta, pois é um vil ato contra a vida de um ser ainda indefeso, que deveria ser fruto de um ato de amor. Todo crime gera uma dívida e toda dívida tem que ser paga, assim está na lei e lei é lei.
Se uma gestante não soube agir com responsabilidade antes de engravidar será se irá agir com responsabilidade depois, como pensa o irmão Lair? Ele deseja que seja dado a gestante o direito de decidir em querer ou não o feto em seu ventre. Irmão, a pobreza não é sinônimo de marginalidade, conheço muitas famílias pobres que são muito mais honestas do que muitas ricas.
Agora, irmão, faço-lhe esta pergunta se você já pensou se sua mãe o tivesse abortado enquanto você tinha alguns meses como feto? Muitas obsessões têm início após o criminoso ato do aborto, pois colhe-se aquilo que semeia. Cada um recebe de volta tudo conforme foi feito de bom ou não. Cada um é o único responsável por suas vitórias e derrotas, ou se quiserem por sua salvação.
Por tudo isso é que defendo que a solução de muitos problemas só virá quando for feita a união perfeita das religiões com a ciência.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 02/05/2005.


105 - Criação e evolução - Publicado em 17/05/2005

Parabéns ao ecohistoriador e professor Arthur Soffiati pelo artigo: “Evolucionismo, criacionismo e desenho inteligente” de 11/05/2005, pois só iremos aprendendo cada vez mais quando temos a liberdade de pensar e coragem para usar de toda a nossa capacidade mental.
Há alguns anos um testemunha de Jeová emprestou-me um livro para ler: “A Vida – Qual a sua Origem? A Evolução ou a Criação?”. Os autores deste livro negam por convicção a evolução e defendem a criação, mas no próprio livro está apresentada a tese da evolução.
O professor Arthur Soffiati nega a criação. Eu defendo que tudo se evolui depois de ter sido criado, então existe criação e evolução. Nunca podemos negar algo só porque não temos conhecimento do assunto. Deus, o criador incriado, iniciou a criação, sendo assim o primeiro criador. Todo ser criado também pode se transformar em criador, surgindo assim os falsos deuses e Deus sempre respeita plenamente a liberdade de todos.
A fórmula evolutiva de Darwin: “Sobrevive o mais apto” foi substituída por Teilhard de Chardin, um teólogo evolucionista, pela fórmula: “Sobrevive o meais complexo”. Eu defendo que “sobrevive o mais sábio e o mais forte”, pois um sábio forte nunca irá destruir ninguém, mas sempre será respeitado ou até temido pelos mais fracos, pois estes temem a derrota e o sábio forte sobreviverá.
Rosário Américo de Resende, ex-professor da UFMG. Belo Horizonte, 16/05/2005.

Nenhum comentário:

Postar um comentário